Santa Casa da Misericórdia de Beja

Email: Este endereçod e email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | Telef.:  (+351) 284 324 133

A fundação da Santa Casa da Misericórdia de Beja insere-se no contexto da criação das Misericórdias portuguesas pela Rainha D. Leonor, nascida em Beja, instigada pelo seu confessor frei Miguel de Contreiras e na sua consequente multiplicação pelo reino durante a primeira metade do séc. XVI. Podemos, por isso, afirmar que a Misericórdia de Beja é das mais antigas do País.


A irmandade da Misericórdia de Beja foi criada por carta régia do Rei D. Manuel I a 8 de Dezembro de 1500. Erigiu-se, por ainda não existir ainda edifício próprio na Igreja de Santa Maria da Feira.


Mais tarde a Santa Casa da Misericórdia de Beja mudou-se para a Igreja com o mesmo nome, sita na Praça da República, foi fundada e dotada pelo Infante D. Luiz, duque de Beja. Esta igreja tem uma história muito particular, pois foi construída para ser açougue municipal mas dotada de uma beleza fora do comum para a época decidiu D. Luiz que esta fosse então uma igreja como comprova a transcrição da carta abaixo:


“Juiz, vereadores, procurador, e procuradores da minha cidade de Beja. O Infante vos envia muito saudar. Eu mandei fazer a obra dos açougues d’essa cidade como vistes, a qual parece que quis Nosso Senhor que saísse ella tão lustrosa que fosse mal empregada em officio baixo, mas que se dedicasse a serviço seu, e se celebrassem missas e officios divinos n’ella, como é minha tenção que se faça, caso haver por bem que se mude ali a casa da confraria da Misericordia d’essa cidade: que certo parece logar muito próprio para ella, e que honrará e ennobrecerá muito essa cidade (…). Lisboa, 17 de Maio 1550”.


A História desta Santa Casa está intimamente ligada à história do Hospital Grande de Nossa Senhora da Piedade, instituído por D. Manuel I, ainda no reinado de D. João II, na altura Duque de Beja no ano de 1490.


A 3 de Dezembro de 1554 o Hospital Grande foi entregue à administração da Misericórdia visto não existirem receitas que fizessem face às grandes despesas com os doentes e peregrinos que este albergava.


O Hospital Grande de Nossa Senhora da Piedade deixou de receber doentes na década de 1970.


No presente a Misericórdia de Beja conta com um Centro Infantil com capacidade para 100 crianças dos 0 aos 6 anos e uma empresa de inserção na área da jardinagem.

 

HojeHoje61
Esta SemanaEsta Semana243
Este mêsEste mês1058
TotalTotal90221

Centro Infantil

Empresa de Jardinagem

patrimoniocultural

Santa Casa da Misericordia de Beja @ 2011 | Desenvolvido por CasadaPagina | Powered by Fernando F. Teixeira